César Augusto Scandoglieri tinha apenas 28 anos

Um grave acidente de trabalho ocorrido por volta das 21h30 desta terça-feira, dia 16 de agosto, dentro de uma oficina mecânica localizada na Avenida Glória, na Vila Glória em Assis (SP), culminou na morte do proprietário da empresa.

A vítima, muito querida na cidade e popularmente conhecida como “Cesinha”, é César Augusto Scandoglieri de apenas 28 anos.

De acordo com as primeiras informações, “Cesinha” estava em sua oficina mecânica, Megan Motos, quando um acidente com um equipamento o feriu gravemente causando o seu óbito.

A Policia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionados, no entanto, ao chegar ao local a citima estava já sem vida.

Após a perícia realizada, o corpo foi removido ao Instituto Médio Legal, onde passou pelo exame necroscópico.

Liberado à família, o corpo está sendo velado no Centro Funerário Pax, na rua Smith Vasconcelos, na esquina do Hospital Regional.

No decorrer do dia Cezar postou diversos storys mostrando um pouco do trabalho e o dia a dia em sua oficina. Recém casado, ele deixa a esposa Débora Fetter.

O horário do sepultamento ainda não foi definido.

HOMENAGENS

Através de mensagens publicadas nas redes sociais, amigos homenagearam o jovem mecânico.

Carlos Henrique Santos escreveu: “Muito difícil acreditar que um rapaz tão novo ainda, guerreiro e batalhador e cheio de sonhos na vida, foi sofrer um acidente de trabalho, dentro de sua oficina mecânica de motos, de uma forma muito dolorida. Que Deus ampare e conforte o coração de toda Família nesse momento muito triste”.

Antony Campos publicou: “São notícias tão tristes que eu nem sei por onde começar. Ô meu primo, como eu vou poder me despedir de você? Me diz que tudo isso é mentira. Me diz que essa ligação que eu recebi agora não foi verdade. Você que eu tinha mais que um primo e sim como um irmão. Desde pequeno, sempre tivemos uma magia tão grande. Como você pode nos deixar desse jeito, sem ao menos eu poder ir aí me despedir de você, cara?”, indagou.

“Fiquei tão feliz de poder ir no seu casamento, que será a última memória que eu vou ter de você, sempre com as nossas brincadeiras e nossos segredos, que só a gente sabia.

E agora? Lembra que você me disse que seria uma honra pra você quando eu fosse aí e pudesse ir na sua casa pra gente fazer um churrasco? Que suas lembranças fiquem sempre guardadas em minha memória. Meu irmão, que Deus dê o melhor lugar que existe no céu pra você, porque você merece. Você foi a pessoa mais batalhadora que eu conheci em minha vida. Fica com Deus, meu primo. Te amo e sempre vou te amar, cara!”, se despediu o primo Antony.

Aos amigos e familiares, nossos sinceros sentimentos.

Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do R15 diretamente em seu e-mail.

VOCÊ PODE GOSTAR

Polícia investiga morte de adolescente de 15 anos em Paraguaçu Paulista

Segundo o namorado da jovem, eles usaram drogas e ela passou mal após ingerir bebida energética.

Homem é detido suspeito de assassinar namorado e atear fogo no carro com o corpo dentro

Vítima, Marcelo Campos, estava desaparecido desde quarta(Foto: Reprodução)

Vídeo mostra as consequências do acidente envolvendo ônibus de Assis

Uma pessoa morreu e outras 24 ficaram feridas com a colisão frontal entre os veículos.

Ônibus que saiu de Assis com destino ao Paraguai se envolve em grave acidente

Um gravíssimo acidente na madrugada deste sábado, dia 06 de agosto, na…