Motorista procurado por tráfico de drogas é preso com mais de duas toneladas de maconha em Tarumã — Foto: Arquivo pessoal
Motorista procurado por tráfico de drogas é preso com mais de duas toneladas de maconha em Tarumã — Foto: Arquivo pessoal

Um motorista procurado por tráfico de drogas foi preso com mais de duas toneladas de skunk e maconha na Rodovia Miguel Jubran (SP-333), em Tarumã (SP). O flagrante ocorreu na tarde desta terça-feira, dia 30 de agosto.

Segundo a Polícia Rodoviária, as drogas estavam em uma carreta com placas do Paraná que seguia sentido TarumãAssis (SP).

Ao abordar o motorista e fazer vistoria no veículo, os policiais encontraram os fardos com os entorpecentes escondidos em meio a sacos de amido de milho.

Após investigação, a polícia descobriu que o motorista, de 37 anos, era procurado por tráfico de drogas no Paraná. A pesagem total da droga apreendida não foi divulgada.

O motorista e as drogas foram encaminhados para a Central de Polícia Judiciária de Assis (SP).

Mais de duas toneladas de maconha são apreendidas escondidas em pacotes de amido de milho em Tarumã — Foto: Arquivo pessoal
Mais de duas toneladas de maconha são apreendidas escondidas em pacotes de amido de milho em Tarumã — Foto: Arquivo pessoal
Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do R15 diretamente em seu e-mail.

VOCÊ PODE GOSTAR

Polícia investiga morte de adolescente de 15 anos em Paraguaçu Paulista

Segundo o namorado da jovem, eles usaram drogas e ela passou mal após ingerir bebida energética.

Colisão frontal na SP-333, em Tarumã, provoca uma morte

Acidente ocorreu em pista duplicada, próximo ao acesso à Usina Nova América.

Proprietário morre após acidente em oficina na Vila Glória

Acidente, que culminou na morte do jovem de 28 anos, aconteceu na noite desta terça-feira.

Jovem de 15 anos morre ao engasgar com o próprio vômito

Na certidão de óbito, a causa da morte aponta asfixia mecânica.