Uma mulher transexual foi atacada com um jato de extintor de incêndio, no bairro Somenzari, Zona Norte de Marília (SP), na terça-feira (12). Os agressores filmaram a ação e o vídeo circula nas redes sociais. (Assista abaixo)

Identificada com o nome social de Kelly Fernandes, ela foi abordada por homens em um carro. É possível escutar um dos ocupantes do veículo dizendo: “olha, que bicha bonita”.

A mulher faz sinal negativo com a mão, quando o extintor é acionado contra o rosto. Em seguida, os agressores passa a rir e a xingá-la. Em outro vídeo, é possível ver os autores do ataque passando novamente no local com gritos de “vai morrer”.

Ao g1, Kelly disse que está muito abalada e ainda processa o ocorrido. Na tarde desta sexta-feira, ela registrou o boletim de ocorrência junto à Polícia Civil de Marília (SP).

No relato do BO, além da agressão com o jato do extintor, Kelly conta ter sido atacada, minutos depois, com o arremesso de ovos por integrantes de um segundo veículo. A Polícia procura pelos agressores.

“Foi a primeira violência que sofri com um extintor, mas todo dia passam pessoas de carro xingando e jogando coisas, como ovos e tomates”, lamentou.

Procurada, a Secretaria Municipal de Direitos Humanos informou que “a investigação para identificação da autoria e materialidade do crime é atribuição constitucional da Polícia Civil”.

A pasta também informou que “já está junto da vítima para o suporte que precise, visando as providências necessárias pela agressão sofrida”.

Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do R15 diretamente em seu e-mail.

VOCÊ PODE GOSTAR

Polícia investiga morte de adolescente de 15 anos em Paraguaçu Paulista

Segundo o namorado da jovem, eles usaram drogas e ela passou mal após ingerir bebida energética.

Colisão frontal na SP-333, em Tarumã, provoca uma morte

Acidente ocorreu em pista duplicada, próximo ao acesso à Usina Nova América.

Jovem de 15 anos morre ao engasgar com o próprio vômito

Na certidão de óbito, a causa da morte aponta asfixia mecânica.

Vítima fatal de acidente é identificada como Priscilla Tiezzi Fernandes

De acordo com o Corpo de Bombeiros, um carro invadiu a contramão da pista e bateu de frente com outro veículo. Uma das motoristas morreu na hora.