Irmão diz que jovem de 20 anos que morreu pisoteado enquanto treinava montaria em Boracéia sonhava em ser toureiro — Foto: Marcos Paulo Martins Ferreira/Arquivo pessoal
Irmão diz que jovem de 20 anos que morreu pisoteado enquanto treinava montaria em Boracéia sonhava em ser toureiro — Foto: Marcos Paulo Martins Ferreira/Arquivo pessoal

O irmão do jovem de 20 anos que morreu ao ser pisoteado por um touro enquanto treinava montaria em uma propriedade rural em Boracéia (SP), na última terça-feira (26), contou ao g1 que a vítima sonhava em ser toureira.

Marcos Paulo Martins Ferreira, de 27 anos, explicou que João Gabriel Martins Ferreira era o mais novo entre quatro irmãos.

Apesar da pouca idade, ele ressalta que responsabilidade e bondade eram as principais características da personalidade de João Gabriel. Tanto que Marcos lembra que seu irmão começou a ir atrás do sonho e de construir a carreira já aos dez anos.

“Desde quando era pequeno, ele montava. Começou com cavalo aos dez anos. A partir dos 14, começou com a montaria no touro, com os treinos de tambor, comprou equipamentos. Algo que era muito marcante na vida dele era o trabalho e a bondade. Ele era muito responsável”, lembra Marcos.

Marcos Paulo Martins Ferreira
Marcos Paulo Martins Ferreira explicou que os pais estão muito abalados por enterrarem o filho caçula — Foto: Marcos Paulo Martins Ferreira/Arquivo pessoal
Marcos Paulo Martins Ferreira explicou que os pais estão muito abalados por enterrarem o filho caçula — Foto: Marcos Paulo Martins Ferreira/Arquivo pessoal

O irmão mais velho disse que os pais estão abalados por terem enterrado o caçula. Contudo, se apoiam na ideia de que João Gabriel morreu fazendo algo que amava: montar.

“Meus pais não esperavam enterrar um filho, ainda mais o caçula. Na hora que aconteceu, todo mundo ficou muito perdido. Um apoiou o outro na situação. Meus pais são bem devotos, então eles confiam em Deus nesse momento”, lamenta.

Dedicado em alcançar o sonho de praticar a montaria, João Gabriel se preparava fisicamente para atingir o objetivo. Aos 20 anos, a principal meta do jovem era competir no rodeio.

“Ele trabalhava e pegava o dinheiro para comprar material. Se dedicava a atingir o sonho de montar no rodeio. Era o sonho dele construir a carreira na montaria”, pontua.

João Gabriel morreu na Santa Casa de Bariri (SP), vítima de parada cardiorrespiratória ao ser pisoteada pelo touro. Em nota, a assessoria da unidade confirmou que a equipe de médicos tentou por mais de 40 minutos reverter o quadro, mas sem sucesso.

Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a morte do jovem. Uma das homenagens, postada por um primo de João Gabriel, diz: “menino sonhador, que sempre foi exemplo para a família pela sua determinação, pois sempre foi atrás do seu sonho em se tornar peão de montaria, e faleceu fazendo o que amava”.

Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram morte de João Gabriel em Boracéia — Foto: Reprodução/Facebook
Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram morte de João Gabriel em Boracéia — Foto: Reprodução/Facebook
Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do R15 diretamente em seu e-mail.

VOCÊ PODE GOSTAR

Polícia investiga morte de adolescente de 15 anos em Paraguaçu Paulista

Segundo o namorado da jovem, eles usaram drogas e ela passou mal após ingerir bebida energética.

Colisão frontal na SP-333, em Tarumã, provoca uma morte

Acidente ocorreu em pista duplicada, próximo ao acesso à Usina Nova América.

Jovem de 15 anos morre ao engasgar com o próprio vômito

Na certidão de óbito, a causa da morte aponta asfixia mecânica.

Vítima fatal de acidente é identificada como Priscilla Tiezzi Fernandes

De acordo com o Corpo de Bombeiros, um carro invadiu a contramão da pista e bateu de frente com outro veículo. Uma das motoristas morreu na hora.