Em uma semana, Energisa recupera energia suficiente para abastecer 760 casas (Foto: Divulgação / Energisa)
Em uma semana, Energisa recupera energia suficiente para abastecer 760 casas (Foto: Divulgação / Energisa)

A Energisa Sul-Sudeste divulgou o balanço da operação especial realizada na última semana em combate a furtos e fraudes de energia na região. Foram realizadas 41 inspeções de imóveis sob suspeita, sendo confirmadas dez irregularidades que, juntas, totalizaram um desvio de 152.071 kWh de energia. Essa quantidade seria suficiente para abastecer 760 casas populares durante um mês.

As equipes técnicas da Energisa realizaram inspeções em imóveis residenciais e comércios, em áreas urbanas e rurais dos municípios de Alexandria, Assis, Palmital, Paraguaçu Paulista, Rancharia e Tupã. Entre as irregularidades estavam imóveis com ligações clandestinas feitas direto na rede da concessionária, bem como casas e estabelecimentos comerciais com medidores adulterados para impedir a contabilização do real consumo de energia no local.  

“São situações de risco à segurança tanto da comunidade como do sistema elétrico. Além disso, essas intervenções na rede elétrica geralmente são feitas por pessoas que não têm conhecimento técnico. Isso potencializa o perigo de acidentes como choque elétrico, incêndio e até a morte do interventor ou de terceiros”, explica o coordenador de Medição e Combate às Perdas de Energia, Renan Felix Fernandes Souza.  

Em uma semana, Energisa recupera energia suficiente para abastecer 760 casas (Foto: Divulgação / Energisa)
Em uma semana, Energisa recupera energia suficiente para abastecer 760 casas (Foto: Divulgação / Energisa)

Ação contínua 

Acompanhar o consumo médio e realizar inspeções técnicas em situações suspeitas faz parte da rotina de trabalho preventivo da Energisa. Só no ano passado, nas 27 cidades atendidas pela Energisa Sul-Sudeste nas regiões de Assis e Tupã, a concessionária inspecionou 1.325 imóveis, sendo que foram confirmadas 134 irregularidades e um desvio total de 888.579 kWh de energia, suficiente para abastecer 4.443 casas populares por um mês. 

O prejuízo financeiro desse desvio ultrapassou R$ 677 mil, impactando na qualidade da energia e no bolso de quem paga a conta regularmente. “A energia desviada acaba sendo dividida entre os consumidores que pagam a conta em dia. Ou seja, o prejuízo financeiro do furto de energia vai para todos os clientes regulares. Por isso a importância da comunidade denunciar a prática”, acrescenta Renan.  

A denúncia pode ser feita nos canais de atendimento da Energisa, e a identidade do denunciante é mantida em total anonimato. Basta acessar www.energisa.com.br na aba Serviços Online > Mais Serviços > Denuncie Furto de Energia, ou falar gratuitamente pelo telefone 0800 70 10 326.

Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do R15 diretamente em seu e-mail.

VOCÊ PODE GOSTAR

Motociclista morre em acidente na SP-333 entre Assis e Marília

Acidente aconteceu na manhã desta sexta-feira, dia 24, na Rodovia Rachid Rayes (SP-333).

Idosa de 82 anos morre após cair em escada rolante de hipermercado

Ocorrência foi registrada neste domingo (12) e a vítima foi socorrida em estado grave .

Vítimas de acidente na SP-294 em Marília são sepultadas nesta terça-feira

Os dois morreram em um gravíssimo acidente na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros.

Técnico agrícola, que pertencia a família de Palmital, morre em acidente

Ele será sepultado neste sábado, dia 25, às 9 horas, no Cemitério Municipal de Ribeirão do Sul.