Uma criança de um ano e três meses, com Síndrome de Down, morreu depois de se engasgar com um salgadinho, em Botucatu (SP), no sábado (27). Ela foi identificada como Agatha Lorena Cruz Martins.

Segundo boletim de ocorrência, Agatha Lorena Cruz Martins chegou a ser levada para o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade Estadual Paulista (Unesp), mas não resistiu.

Não constam detalhes no registro policial sobre as circunstâncias em que o bebê se encontrava enquanto comia salgadinho.

O caso foi registrado como morte suspeita ou acidental. O delegado de plantão determinou a realização de exame necroscópico pelo Instituto Médico Legal (IML) para confirmação da causa da morte.

Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do R15 diretamente em seu e-mail.

VOCÊ PODE GOSTAR

Polícia investiga morte de adolescente de 15 anos em Paraguaçu Paulista

Segundo o namorado da jovem, eles usaram drogas e ela passou mal após ingerir bebida energética.

Colisão frontal na SP-333, em Tarumã, provoca uma morte

Acidente ocorreu em pista duplicada, próximo ao acesso à Usina Nova América.

Jovem de 15 anos morre ao engasgar com o próprio vômito

Na certidão de óbito, a causa da morte aponta asfixia mecânica.

Vítima fatal de acidente é identificada como Priscilla Tiezzi Fernandes

De acordo com o Corpo de Bombeiros, um carro invadiu a contramão da pista e bateu de frente com outro veículo. Uma das motoristas morreu na hora.