Maior armazenador de pornografia infantil do país é preso em Cândido Mota — Foto: Polícia Federal /Divulgação

O maior armazenador de pornografia infantil do Brasil foi preso nesta segunda-feira, dia 15 de agosto, durante uma operação da Polícia Federal na cidade vizinha de Cândido Mota.

Segundo a Polícia Federal, o homem, que não teve a identidade e idade reveladas, armazenou e compartilhou mais de 17,3 mil arquivos de fotos e vídeos contendo cenas de abuso sexual infantil nos últimos 30 dias, o que o colocava em primeiro lugar do ranking nacional de infratores monitorados pelo órgão.

As investigações começaram a partir da identificação de um usuário que compartilhou arquivos com cenas de violência sexual contra crianças e adolescentes.

O crime era cometido por meio da utilização de redes de compartilhamento de arquivos.

Após autorização da Justiça Federal, policiais cumpriram mandado de busca e apreensão em endereços relacionados ao suspeito, com o objetivo de localizar os equipamentos usados no armazenamento e compartilhamento das imagens.

Durante o cumprimento dos mandados, o homem foi flagrado com vídeos e fotos de pornografia infantil. Com isso, o suspeito foi preso em flagrante.

Os equipamentos de informática foram apreendidos e vão passar por perícia. Segundo a PF, o crime de compartilhamento de arquivos de pornografia infantil prevê pena de reclusão de 3 a 6 anos.

Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do R15 diretamente em seu e-mail.

VOCÊ PODE GOSTAR

Polícia investiga morte de adolescente de 15 anos em Paraguaçu Paulista

Segundo o namorado da jovem, eles usaram drogas e ela passou mal após ingerir bebida energética.

Proprietário morre após acidente em oficina na Vila Glória

Acidente, que culminou na morte do jovem de 28 anos, aconteceu na noite desta terça-feira.

Jovem de 15 anos morre ao engasgar com o próprio vômito

Na certidão de óbito, a causa da morte aponta asfixia mecânica.

Homem é detido suspeito de assassinar namorado e atear fogo no carro com o corpo dentro

Vítima, Marcelo Campos, estava desaparecido desde quarta(Foto: Reprodução)